Redes Sociais para Empresas: Dicas para uma gestão lucrativa!

Gerenciar redes sociais se torna uma tarefa simples quando se tem um bom planejamento!

Quando uma empresa ou profissional liberal decide usar as redes sociais para alcançar resultados consistentes e converter vendas, é preciso ter um planejamento estratégico.

E com as dicas certas e as técnicas que iremos discorrer ao longo deste material, você conseguirá fazer um ótimo trabalho.

Seja na gestão de redes sociais para empresas ou do seu negócio próprio.

Compilamos abaixo algumas dicas importantes, continue lendo e saiba mais.

Gestão de Redes Sociais para Pequenas empresas

Gerenciar Redes Sociais: Entenda por que isso é MUITO importante para os negócios

As redes sociais são o lugar onde você consegue encontrar basicamente todo o mundo, mas, principalmente, onde as empresas podem ser encontradas.

Por isso, empresas de pequeno, médio e grande porte estão colocando no seu planejamento de marketing a tarefa de gerenciar as redes sociais das empresas.

Cada vez mais as empresas estão adotando estratégias voltadas a esse cenário, buscando alcançar pessoas, se engajar com elas e fortalecer a marca por meio das mídias digitais.

Negligenciar o poder das mídias sociais é um verdadeiro tiro no pé das corporações, afinal, atualmente 4,2 bilhões de pessoas estão nas redes sociais – e isso é mais do que a metade de toda a população mundial!

Esses usuários passam, em média, 2 horas e 25 minutos nas redes sociais todos os dias.

Essas quase 2,5 horas oferecem uma oportunidade incrível para as empresas, como:

  • Construir brand awareness;
  • Desenvolver relacionamentos com os clientes;
  • Fazer vendas diretamente nas plataformas;
  • Fortalecer sua marca;
  • Alcançar novos públicos.

Dicas para gerenciamento de Redes Sociais na sua empresa

Gestão de Redes Sociais para Empresas

Sendo assim, separamos algumas dicas para que você possa fazer a gestão de redes sociais de forma estratégica e eficiente:

1. Comece com planejamento

É fácil começar a usar a mídia social na sua empresa.

Todos nós a usamos em nosso dia a dia, então há um certo nível de conforto e segurança com uso das ferramentas.

Mas antes de começar, lembre-se: toda boa estratégia de negócios começa com um bom planejamento.

Isso porque, se as empresas não souberem aonde querem chegar, certamente não saberão qual caminho trilhar.

É como aquele velho ditado:

Se não sabe onde ir, qualquer caminho serve.

Como saber se sua estratégia está dando certo se os objetivos não estão claros?

Sendo assim, reserve um tempo para criar um planejamento de rede social antecipadamente, seguindo os principais objetivos que a empresa busca atingir com as redes sociais.

Além dos objetivos, não se esqueça de definir o público-alvo da empresa, estratégias, tom, linguagem empregada, formatos de conteúdos e demais assuntos que julgar pertinente.

Isso garante que todos os seus esforços sociais apoiem nos objetivos corporativos, além de ajudar a evitar que as estratégias se percam pelo caminho!

2. Decida quais plataformas usar

Não faça suposições sobre onde o público alvo da empresa passa seu tempo online.

Seu instinto pode dizer que, se você está mirando na Geração Z, deve pular o Facebook e se concentrar no Instagram e no TikTok, já que essas são as redes predominantemente do público dessa idade.

Mas os dados mostram que quase um quarto dos usuários do Facebook têm entre 18 e 24 anos.

Além disso, se você está mirando na geração “baby boomer”, as estratégias para rede social podem não parecer uma prioridade. Mas deveria ser!

Facebook e Pinterest são as principais redes sociais para os boomers.

3. Expanda o público da empresa!

O objetivo das empresas ao gerenciar redes sociais sempre deve ser cativar e fidelizar os clientes e atingir novos públicos.

Por exemplo, quando as medidas de isolamento começaram a ser aplicadas, no período de pandemia, um número exponencial de pessoas passaram a buscar maneiras de preencher seu tempo em casa.

Nesse período, o The Great Courses Plus (uma espécie de Netflix de cursos) mudou sua estratégia de publicidade no Facebook para expandir o público rapidamente.

Eles criaram, então, uma oferta de avaliação gratuita estendida e a anunciaram para um amplo público nos Estados Unidos.

Em seguida, usaram públicos semelhantes para alcançar novos públicos no Canadá, no Reino Unido e na Austrália, que eram semelhantes aos seus clientes.

Essa estratégia fez com que os números explodissem!

4. Sua estratégia deve estar alinhada com os objetivos da empresa

A mídia social é um canal de tráfego. Portanto, os objetivos devem estar alinhados com os objetivos gerais de marketing.

Isso pode incluir plano de mídia social pago para, por exemplo, anúncios no Facebook.

Um objetivo comum é direcionar o tráfego para a Landing Page da empresa e gerar novos leads.

Defina a análise de dados para medir quanto tráfego está indo de suas postagens para o site institucional ou LP. Em seguida, avalie quanto desse tráfego se transforma em leads.

Para maximizar os resultados, você pode oferecer conteúdo de alta qualidade nas mídias sociais como isca e, então, direcionar o tráfego para o site.

5. Avalie o impacto das estratégias e faça melhorias baseadas em dados

Agora você já deve ter um bom entendimento do que constitui uma excelente estratégia de mídia social.

Mas é crucial medir os dados e adaptar seu plano ao longo do caminho.

Sua equipe pode dizer o que funcionou no passado. Mas nada supera ter dados reais sobre sua própria campanha.

Sem uma análise regular, você nunca saberá qual campanha traz resultados e quais são uma perda de tempo e de recursos.

O ideal é analisar dados semanalmente ou quinzenalmente.

Faça pequenos ajustes para otimizar sua estratégia, em vez de grandes mudanças vários meses depois.

Além disso, você também precisa descobrir qual é o conteúdo de melhor desempenho. Isso irá subsidiar estratégias mais eficientes.

6. Utilize automação e chatboots

utilize automação e chatboots nas redes sociais

Um desafio que muitas empresas enfrentam hoje é fornecer atendimento ao cliente de alta qualidade dentro fora do horário comercial.

Muitas pessoas esperam atendimento imediato ao cliente. Querem respostas e soluções na hora.

Elas esperam que as empresas estejam disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana.

A Inteligência Artificial veio para nos ajudar nisso.

Agora, tudo o que um cliente em potencial precisa fazer é visitar o site, página do Facebook da empresa ou entrar em contato via Whatsapp, e seu chatbot poderá estar lá para responder a todas as perguntas!

Você pode gostar de: Múltiplos atendentes no Whatsapp.

O benefício da automação não é apenas fazer todo o trabalho que não requer remuneração, mas também trazer inteligência para o seu negócio.

Empresas como o Spotify usam chatbots para fazer recomendações de música, a Whole Foods usa um chatbot do Facebook Messenger para ajudar os clientes a pesquisar produtos da loja e o bot da Sephora oferece tutoriais de maquiagem.

Seguindo essas dicas, certamente você conseguirá ter uma boa presença nas redes sociais e consequentemente atrair mais clientes!


Leave a Reply

Your email address will not be published.